Como saber se um aparelho elétrico vai funcionar sem problemas em minha residencia?


 Todos os dias muitas pessoas perdem aparelhos elétricos devido a ligação indevida destes aparelhos nas tomadas sem qualquer análise prévia, isto gera um grande risco de vida para o usuário dos equipamentos, prejuízo financeiro e um imenso medo de eletricidade na vitima.

 Para evitar que isto aconteça, este texto irá lhe dar algumas dicas uteis, que podem salvar seus aparelhos elétricos e ate sua vida.

 No Brasil, existem diversos valores de tensão elétrica, em locais mais distantes, onde esta instalado apenas o sistema de duas fases (Bifásico), pode se encontrar as tensões de 110V e 220V nas instalações elétricas, porem um sistema mais moderno vem sendo implantado em todo o país, que e o sistema trifásico, onde as tensões encontradas são de 127V, 220V ou 380V (este último mais na área industrial), e fundamental saber a tensão de uma tomada antes de se ligar um aparelho elétrico na mesma.

Averiguando a tensão de uma tomada

 O único método confiável de se obter a tensão de uma tomada é com a utilização de instrumentos de medição, chamados voltímetro, você pode aprender a utilizar um voltímetro neste link.
 Se um voltímetro não estiver disponível, com uma conta de luz você pode averiguar a tensão da instalação elétrica na residência, porém, em residências com instalação bifásica você não terá como saber a tensão exata da tomada sem o auxilio de um multímetro
Exemplo de conta de luz
 A imagem acima é um exemplo de conta de energia elétrica da CEMIG, destacado em vermelho está a indicação do número de fases disponíveis na instalação, que neste caso são duas.
 Isto significa, que numa casa onde foram instaladas duas fases, a tensão máxima será a resultante da união destas duas fases, se as fases forem de 127V a união resultante destas duas fases será de 220V, se as fases forem de 220V cada uma, a união destas resultará em 380V.

Averiguando a corrente suportada por uma tomada

 De acordo com o novo padrão Brasileiro de tomadas, foram criadas tomadas para dois tipos de cargas, 10 Amperes e 20 Amperes, isto foi feito para que um aparelho elétrico de carga superior a 10A não consiga ser instalado em uma tomada de 10A, evitando assim os curto-circuitos, porem um conector de 10A pode ser ligado perfeitamente em uma tomada de 20A, facilitando assim a vida de todos.
 Todas estas tomadas possuem um indicador de carga Máxima, geralmente moldado no plastico da tomada na parte frontal ou traseira.
Tomadas novo Padrão

Frequência da rede elétrica local

 Em todo o Brasil, a frequência da rede elétrica e de 60 Hertz, porém em países como o Paraguai a frequência da rede elétrica e de 50 Hertz, isso quer dizer que aparelhos devem ser ligados somente na rede para qual foram projetados para funcionar.

Avaliando o aparelho elétrico a ser utilizado

 Todos os aparelhos elétricos são obrigados por lei a possuir em seus corpos ou em seus carregadores informações sobre sua instalação elétrica, basta averiguar no aparelho os seus parâmetros de funcionamento.
Exemplo 1: Carregador de Notebook
 No exemplo acima está destacada a tensão de operação do carregador do meu notebook, como você já observou a tensão da tomada na qual ele sera conectado, basta observar se a tensão da tomada e compatível com a tensão de operação do notebook, Por exemplo, na sua tomada a tensão é de 127V, como o notebook funciona com tensões de 100 ate 240V você poderia o conectar sem medo!.
 Agora está destacada a corrente exigida pelo aparelho para funcionar, basta ver se ela é menor que a corrente suportada pela sua tomada, caso positivo, o aparelho irá funcionar perfeitamente.

 Porém se você possuir por exemplo um secador de cabelo, que exige 15A para funcionar em 127V você deverá instalar ele em uma tomada para cargas de até 20A.





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *